O livro das contradições

A revelação da identidade do inglês encarregado pelo Exército Islâmico de decapitar reféns ocidentais deixou muita gente perplexa. Ao que parece, o ódio do ex-universitário londrino contra o Ocidente foi nutrido pelo tratamento que recebeu anos atrás pelo serviço antiterrorista britânico. Em seu livro, o jornalista irlandês Patrick Cockburn escreve: "Foram os Estados Unidos, a Europa e seus aliados regionais na Turquia, na Arábia Saudita, no Catar, no Kuwait e nos Emirados Árabes Unidos que criaram as condições para a ascensão do Estado Islâmico”.