O que há de novo no Cinema Novo?

Começa na próxima quarta-feira (29 de abril) na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, uma grande retrospectiva do Cinema Novo. É uma boa oportunidade para separar o trigo do joio e fazer uma avaliação mais equilibrada da real importância dessa produção nada uniforme. Alguns filmes envelheceram mal, outros – como Os cafajestesO padre e a moçaTerra em transe São Bernardo – seguem vivos, dolorosos, cortantes.